Canal 513 NET
Canal 2.1
Rádio FM 97.7
Mano App

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin



O Governo do Amazonas vai iniciar em janeiro de 2021 a implantação dos sistemas alternativos e coletivos de coleta e tratamento de água em comunidades rurais e ribeirinhas do estado. Essas estruturas fazem parte do Programa Água Boa, que prevê, até dezembro do próximo ano, a instalação de 160 sistemas para permitir a entrega de água de qualidade para a população.

Esse trabalho é fruto de alinhamento estratégico entre o governador Wilson Lima e a Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama) e demais 14 órgãos do Governo do Estado, além do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

“Vamos iniciar esse trabalho pela área metropolitana, como Manacapuru, Itacoatiara e Iranduba, e depois subiremos para o Médio e Alto Solimões, e assim seguiremos para as demais calhas. É uma série de planejamentos logísticos, e nós, técnicos envolvidos, nosso sentimento é de fazer uma diferença na história do Governo do Estado, com ações relevantes para o interior”, explicou o gerente de responsabilidade socioambiental da Cosama, Denisson Gama.

Etapas – A implantação dos 160 sistemas alternativos será feita em três fases. A primeira etapa ocorre de janeiro a maio de 2021, pela Região Metropolitana de Manaus, e nas calhas dos rios Negro e Solimões, com a instalação de 69 sistemas alternativos.

A instalação de mais 63 sistemas alternativos vai acontecer na região do Médio e Baixo Amazonas, entre junho a setembro de 2021. E a instalação dos 28 sistemas ocorrerá na região do Juruá e do rio Purus, entre os meses de outubro a dezembro de 2021.

“A ideia de se lançar o projeto é de levar água potável para todos os ribeirinhos e todas as pessoas de comunidades rurais do estado que não têm, hoje, água tratada em casa. Então isso é um sistema de tratamento de água, de coleta de água superficial na beira do manancial, do igarapé e do lago. Fazemos dois tipos de tratamento, reservação e distribuição. Essa água sai com 100% de potabilidade para servir a comunidade e levar saúde para a comunidade”, enfatizou Denisson Gama.

FOTOS: Davis Alberto/Secom

Comentários

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin